Intercorrências e complicações

Todo ato cirúrgico envolve riscos e quanto maior for a extensão da cirurgia, maior a probabilidade de que ocorram as intercorrências ou complicações.

 

Intercorrências são alterações mais simples, já esperadas após o procedimento cirúrgico, que podem ser conduzidas e controladas pelo Fisioterapeuta:

  • Edema (inchaço)

  • Equimose (manchas roxas)

  • Dor

  • Fibrose

  • Lipólise

 

 

Complicações são resultados indesejados ou insatisfatórios, que precisam de intervenção médica, e em alguns casos de abordagem cirúrgica:

 

  • Necrose

  • Epiteliólise ou epidermólise

  • Seroma

  • Infecções

  • Hematomas

  • Tromboses

  • Deiscência

  • Alteração cicatricial.

 

O Fisioterapeuta tem papel fundamental diante disso, é ele que estará acompanhando a evolução do paciente a cada atendimento e, além de utilizar os recursos possíveis para controlar as intercorrências, ele é responsável por comunicar ao médico sobre qualquer possível complicação, para que o mesmo possa intervir o mais rápido possível.

whatsapp.png